Parceria entre Geoparque/Epagri e Credija realiza proteção de nascente em Jacinto Machado

Proteger a fonte de água é uma medida que pode ajudar na preservação do nosso bem mais precioso. Pensando nisso, o projeto Geoparque integra, a partir deste ano, a parceria da Epagri e do Sicoob/Credija, que realiza, em conjunto aos proprietários, a proteção de nascentes no modelo Caxambu. Nesta terça-feira, 19, Semana Mundial da Água, foi realizada a primeira proteção deste ano, na propriedade de Hélio Giust, em Pinheirinho Alto, em Jacinto Machado.

Segundo o secretário de Turismo e membro da equipe técnica do projeto Geoparque, José Carlos Zanatta, é importante a preservação da água para que haja o seu melhor aproveitamento. “Com este trabalho visamos conscientizar a todos que a água é um bem precioso, e merece maior atenção”, comentou.

A proteção de fonte modelo Caxambu é utilizada especificamente para proteger a água superficial, que “brota” de olhos d´água. A extensionista da Epagri, Aline Hahn Fernandes coordena os trabalhos de proteção de nascentes em Jacinto Machado e já realizou a proteção de mais de 80. “Primeiro é realizada uma limpeza do local e colocado do tubo de concreto, que possui quatro saídas de água: duas delas poderão ser utilizadas pelo agricultor e as outras duas são para limpeza da fonte e um cano ladrão para dar vazão à água quando ocorrerem chuvas intensas. Após a colocação do tubo, foi feito o preenchimento da parte interna da fonte com pedras, uma lona e depois uma camada de terra”, explicou.

Agora o proprietário o terreno, Hélio Giust, poderá captar uma água de qualidade. “Estou feliz com o resultado, terei uma água de qualidade para o consumo”.

Segundo a colaboradora do projeto Geoparque, a geóloga Flávia de lima, o projeto de proteção de nascentes, inicialmente adotado em Jacinto machado, deu tão certo, que o objetivo agora é expandir para os outros municípios do território.

A proteção modelo Caxambu foi desenvolvida pela Epagri e tem grande vantagem ambiental. O modelo de proteção Caxambu garante que a nascente não seja contaminada por agentes externos. A proteção também filtra e canaliza a água para as residências, evitando que a água barrenta chegue às residências. Outra vantagem desse método é o baixo custo de implantação, o que possibilita que várias famílias sejam contempladas. É um modelo simples que dispensa a limpeza periódica da fonte.

  • Compartilhe
Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram
Representantes do projeto Geoparque, Sicoob/Credija e Epagri juntos