Morro do Carasal

Descubra

Descubra o território

Território de aspectos naturais únicos onde a diversidade geológica e geomorfológica possibilitaram a evolução de ecossistemas endêmicos de particular importância no cenário brasileiro.

Hoje, destaca-se na paisagem do sul do Brasil, entre os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, uma feição de grande expressão na paisagem da região Sul do Brasil, conhecida como Serra Geral. Formada por um prolongado e sinuoso escarpamento que limita dois compartimentos – o planalto e a planície costeira – apresenta desníveis que atingem os 1.000 metros, localizados a menos de 50 quilômetros do mar, aonde um vigoroso processo de dissecação vem atuando ao longo do tempo esculpindo sucessões de cânions muito profundos e de singular beleza, repletos de quedas d’água e piscinas naturais. Com praticamente todas as nascentes na Serra Geral os rios desta região drenam e modelam uma ampla planície até alcançar o mar, local em que a zona costeira completa a diversidade e exuberância deste território, onde complexos lagunares interagem com campos de dunas e praias arenosas. Neste cenário de beleza singular, um mundo subterrâneo ainda pouco conhecido enriquece a região. Formado por dezenas de paleotocas, abrigos escavados por animais já extintos, que viveram há mais de 10 mil anos.

A exuberante biodiversidade das encostas da serra completa a beleza do lugar. Caracterizada por uma vegetação perenifólia (sempre verde) densa com muitas samambaias, orquídeas, palmeiras e árvores que podem atingir 50 m de altura. Nas porções mais altas ocorrem Matas de Araucárias e nas porções da planície encontra-se a Mata Paludosa. Toda esta diversidade constitui o bioma Mata Atlântica, onde a fauna é bastante rica com número significativo de espécies endêmicas como o Leão Baio (Felis concolor), Gralha Azul (Cyanocorax careuleus), Sapinho da Barriga Vermelha (Melanophryniscus dorsalis), Lagartixa das dunas (Liolaemus arambarensis), dentre outros.

Em sinergia com esse patrimônio natural, o território revela também um patrimônio cultural material e imaterial que permite conhecer o passado, as tradições, a história, os costumes, a cultura e a identidade dos povos que habitaram e ainda habitam esta região, com particular destaque as culturas indígenas e quilombola (afrodescendentes de escravos) e dos imigrantes açorianos, alemães e italianos, passando pelo marcante movimento do tropeirismo na região.

Da união destes patrimônios natural e cultural o projeto Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul vem construindo estratégias sólidas para promover a conservação da natureza, a educação para a sustentabilidade e o turismo responsável, em parceria com as instituições públicas e privadas locais com vista ao desenvolvimento econômico integrado do território.

Como chegar

Situado na região sul do Brasil, entre os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, o território do projeto Geoparque está localizado a 205 km da capital do estado de Santa Catarina, Florianópolis, e 184 km da capital do estado do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Ambas capitais possuem aeroportos com voos regulares das principais companhias aéreas brasileiras.

Os principais acessos por rodovias são pela BR-101, que liga o litoral catarinense e gaúcho, e pela RS-020, pela região serrana.

Municípios

Cambará do Sul - RS

Município localizado no interior gaúcho constituído por uma pequena cidade de 6.545 habitantes, entretanto, chama a atenção e atraí visitantes de várias partes do Brasil e do mundo.

A pacata e acolhedora cidade de Cambará do Sul serve de ponto de partida para a visitação do maior conjunto de cânions da América do Sul, o Fortaleza e o Itaimbezinho. O despertar dos visitantes, por Cambará do Sul e pelos cânions, começou depois que canais de televisão descobriram que na região havia cenários perfeitos para as suas produções cinematográficas.

O destino de Cambará do Sul oferece muitos atrativos aos adeptos do turismo de aventura e de contemplação. A cidade é conhecida também como a “Terra dos Cânions”. A pequena Cambará do Sul é campeã no ranking de baixas temperaturas, sendo que o seu inverno está sempre entre os lugares mais frios do Brasil.

Site oficial da Prefeitura de Cambará do Sul – RS

Jacinto Machado - SC

O ecoturismo catarinense tem em Jacinto Machado, cidade com 11 mil habitantes, um de seus melhores destinos. O município é o principal acesso para o Cânion Fortaleza, o maior da região e um dos maiores do Brasil, com 7,5 km de extensão e até 1.157 m de altura.

Os passeios para o interior do município reservam trilhas centenárias utilizadas pelos tropeiros, cachoeiras, piscinas naturais, rios pedregosos e vegetação exuberante tornam o passeio pelos cânions uma verdadeira aventura, que deve ser feita com guias credenciados.

Nos arredores da cidade, encontram-se montanhas areníticas com esculturas naturais e paredões que encantam a todos que percorrem as trilhas. No centro, o Museu Histórico Municipal destaca as peças antigas usadas por índios e colonizadores.

Entre os encantos do turismo rural de Jacinto Machado, destacam-se as exuberantes cachoeiras espalhadas pelo interior do município, entre elas: Cachoeira Anna Schiratta, cachoeira da Gávea ou dos Paulinos, Cachoeira do Burin, Cachoeira do Arco Íres, Cachoeira da Gruta, Cachoeira do Zelindo e Cachoeira do Morro da Antena. Destacam-se ainda o Cânion Cambajuva, Canyon Fortaleza, Cânion da Pedra, Morro da Moça, Morro do Carasal, Morro Itaimbé, Morro Testa do Macaco e atividades de rapel, trilhas e as paleotocas.

Site oficial da Prefeitura de Jacinto Machado – SC

Portal turístico da Prefeitura de Jacinto Machado – SC

Mampituba - RS

O município de Mampituba está localizado na encosta da Serra Geral com uma exuberante paisagem, rica em vales e cursos d’água. O principal rio da região emprestou seu nome à cidade e remete ao seu curso formado por muitas curvas.

Mampituba, com seus cerca de 3 mil habitantes, é privilegiado por suas belezas naturais como montanhas, rochedos, paredões e gargantas, cachoeiras, piscinas naturais e belvederes com destaque ao Cânion Josafaz, Topo do Morro Bicudo,  Topo da Pedra Branca, Cachoeira dos Borges, trilhas e esportes de aventura no Rio Mampituba, tornando o lugar ideal para passeios e visitações.

As primeiras povoações ocorreram por volta de 1880, na sua grande maioria oriunda de descendentes de açorianos e de alemães.

A cidade oferece opções de turismo rural e destaca-se pela sua gastronomia com produtos local. São eventos tradicionais em Mampituba a Festa Municipal da Banana, que ocorre no mês de junho, celebrando a principal atividade econômica do município; Natal dos Vales e das Cascatas, em dezembro e outros eventos em várias épocas do ano. As belezas naturais, a hospitalidade dos moradores, as referências históricas e culturais, as ações organizadas e planejadas abrem horizontes e, assim, o turismo passa a ser uma atividade promissora no município.

Site oficial da Prefeitura de Mampituba – RS

Morro Grande - SC

Município com aproximadamente 3 mil habitantes, possui estrutura turística que somada a suas belezas naturais cinematográficas justificam plenamente a visita. São diversas furnas conhecidas como “paleotocas” estruturas escavadas por animais da mega fauna que foram extintos há mais de 10 mil anos, e posteriormente utilizadas pelos Índios Xoklengs e Bugres que viveram por um tempo nesta região e as utilizaram para abrigar-se, são curiosidades e um grande patrimônio paleontológico, geológico e arqueológico.

O Morro do Realengo é uma das trilhas de montanhas, mas famosa e desafiadora do sul do Brasil é muito procurado por aventureiros, montanhistas e adeptos de uma boa caminhada, símbolo do município o seu acesso é pelo caminho da antiga Trilha dos Tropeiros, chamada de Serra do Pilão a qual dá acesso ao Morro do Realengo.

Os rios com piscinas naturais de águas cristalinas nascem nas encostas da serra percorrendo e esculpindo os cânions, vales e grotas com cachoeiras e cascatas espetaculares. As mais visitadas são Cachoeira do Bizungo, Cachoeira Queda do Risco, Cachoeira do Rio Pilão, Cachoeira da Pedra Branca, Cachoeira do Tatu, Cachoeira do Arco Iris e as Quedas do Rio Saltinho dentre outras ainda pouco explorada nos cânions Boa Vista e Monte Negro. Todas atraem turistas de diversas regiões para desfrutarem um banho em meio à natureza preservada e a prática de esportes radicais como o rapel. O turismo religioso também é destaque no município.

Site oficial da Prefeitura de Morro Grande – SC

Portal turístico da Prefeitura de Morro Grande – SC

Praia Grande - SC

Localizada no extremo sul do Estado de Santa Catarina, foi colonizada por descendentes de italianos, portugueses e alemães. Cercada pelos maiores cânions do Brasil, Praia Grande é um misto de morros, rios, cachoeiras e cascatas, balneários e piscinas naturais, sendo um dos municípios indutores da Região Caminhos dos Cânions.

Com 7.267 habitantes (IBGE 2010), está situada entre dois Parques Nacionais, o da Serra Geral e dos Aparados da Serra. A economia é baseada na agricultura, representada pelo cultivo do arroz, milho, fumo e banana. O turismo vem sendo uma alternativa de emprego e renda em função do seu potencial turístico.

Os dois Parques Nacionais, da Serra Geral e Aparados da Serra, são os principais atrativos naturais do município, em que o turismo de aventura, a prática de esportes radicais e o ecoturismo são os mais trabalhados. Diversas são as trilhas que a região dos cânions oferecem, tanto a pé como de bicicleta, além de passeios a cavalo, pelas antigas rotas dos tropeiros. Na sede, destaque para os balneários de água doce, localizados no entorno do município, onde descidas de bote e duck são praticadas nestes rios que cortam os cânions. Um dos roteiros mais procurados é o da Trilha do Rio do Boi, que contempla um trajeto por dentro do Cânion Itaimbezinho, com travessias de rio, passando por belas quedas d’águas até chegar a deliciosas piscinas naturais.

Típica cidade do interior na encosta da Serra foi passagem dos tropeiros, marco enraizado na sua cultura, também conta com uma Comunidade Quilombola São Roque. O município possui vários Cânions, entre eles: Cânion Índios Coroados, Cânion Molha Coco, Cânion Malacara, Cânion Churriado, Cânion Rio Seco, Cânion Rio Leão.

Site oficial da Prefeitura de Praia Grande – SC

Capital dos Canyons​ – Site turístico da Prefeitura de Praia Grande – SC

Timbé do Sul - SC

Timbé do Sul está localizado aos pés da Serra Geral onde se vislumbra a exuberância e imponência dos paredões e cânions que compõem a característica paisagem desta região.

Contemplado por inúmeros atrativos naturais como rios, cachoeiras, cânions, além de uma vasta biodiversidade em fauna e flora, o município oferece um grande potencial nos segmentos de ecoturismo, turismo de aventura e turismo rural, fortalecendo seu desenvolvimento social, econômico e cultural. O ecoturismo é o maior atrativo de Timbé do sul, cidade com 5.300 habitantes. Os maiores eventos da cidade são a festa do padroeiro São Roque, em agosto, e o Festival Sul-Brasileiro de Vôo Livre, em outubro, mas durante todo o ano os ecoturistas e aventureiros têm oportunidade de desbravar e praticar esportes radicais em recantos de rara beleza, como o Cânion do Amola Faca, a Cachoeira da Cortina, o Poço do Caixão e o Rio do Salto.

Site oficial da Prefeitura de Timbé do Sul – SC

Portal turístico da Prefeitura de Timbé do Sul – SC

Torres - RS

Torres é o principal destino dos gaúchos e de milhares de visitantes dos países vizinhos, especialmente uruguaios e argentinos nos meses de verão. É um lugar único, misto de praias, morros, falésias, furnas, dunas, mar, ilha, rio e lagoas. Isso faz com que ela seja conhecida como a mais bela praia gaúcha.

No veraneio, o turismo de sol e mar é o preferido. Para o ano todo, Torres disponibiliza opções de turismo de aventura e esportes radicais, tais como: surf, kitesurf, canoagem, jet ski, lancha, rapel, escalada, paraglider, voo de balão, entre outros, além do turismo de eventos vem crescendo a cada ano. Torres apresenta diversos atrativos turísticos, principalmente os que compõem a sua peculiar paisagem. Possui dois parques Estaduais e um Refúgio de Vida Silvestre.

O Parque Estadual de Itapeva localizado na parte sul da cidade e composto por dunas e Mata Atlântica, ao lado de Itapeva, em direção ao norte fica o Parque Estadual da Guarita. Conhecido como o principal atrativo natural do litoral norte gaúcho e composto por três falésias a beira-mar, chamadas de as torres, que dão o nome ao município. Muito procurado por turistas e moradores, que circulam pelas suas trilhas, para contemplar a bela vista, ou simplesmente aproveitam a praia.

A terceira área de preservação é a Ilha dos Lobos, que pode ser visitada em barcos turísticos, durante os meses de abril a novembro fica tomada de leões e lobos marinhos que migram da Patagônia, também nesta época e possível avistar baleias francas que passeiam pelas águas de nossa costa com seus filhotes.

Ainda nos atrativos naturais, destacam-se os balneários, Praia Itapeva, Praia da Cal, Prainha, Praia Grande e Praia dos Molhes, além das margens do Rio Mampituba, local preferido para a pesca.

Site oficial da Prefeitura de Torres – RS

Viva Torres – Site turístico da Prefeitura de Torres – RS