Geoparque Cânions do Sul será avaliado por representantes da UNESCO

14/10/2021

A região dos Cânions do Sul está a um passo de ser reconhecida como Geoparque Mundial da UNESCO. Os sete municípios que fazem parte do território receberão em breve a visita de profissionais responsáveis pela avaliação que vai definir sobre a chancela. A novidade foi anunciada pelo prefeito de Torres e presidente do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions do Sul, Carlos Souza, em coletiva de imprensa realizada na tarde desta quarta-feira, 13, no Guarita Park Hotel.

Conforme documento enviado pela UNESCO, a missão prevista para acontecer até o final de novembro, será realizada por dois avaliadores, um de Portugal e um do México. A equipe do Geoparque está em tratativas para definir a melhor data de acordo com a disponibilidade dos profissionais.

“Os avaliadores estarão percorrendo todos os sete municípios do Geoparque para observar in loco o nosso trabalho como Geoparque. O objetivo é verificar se estamos de fato atuando de acordo com as diretrizes do Programa de Geoparques da UNESCO que envolve principalmente temas como: a valorização do nosso patrimônio geológico e cultural, a educação e o turismo sustentável”, destacou o presidente do Consórcio.

O Geoparque Caminhos dos Cânions do Sul é considerado oficialmente um Geoparque Aspirante ao título, resultado do trabalho que começou em 2007 e avançou nos últimos anos. Em 2019, o Consórcio enviou o dossiê de candidatura, que já foi avaliado e aprovado pela UNESCO. Por isso, o território está apto a receber agora a missão de avaliação.

O resultado sobre a chancela sairá no próximo ano. O relatório produzido pelos avaliadores será decisivo para que a UNESCO possa concluir sobre o título. Ao receber este reconhecimento, o Geoparque Cânions do Sul passa a fazer parte da Rede Global de Geoparques, o que representa principalmente novas oportunidades de divulgação internacional e consequente valorização do turismo sustentável na região, entre outros benefícios.

O encontro com a imprensa contou com a presença da equipe técnica do Geoparque e dos prefeitos Elisandro Pereira Machado, de Praia Grande (SC); Clério Daniel Olivo, de Morro Grande (SC); Ivan do Amaral Borges, de Cambará do Sul (RS); Roberto Biava, de Timbé do Sul (SC); Pedro Juarez da Silva, de Mampituba (RS) e João Batista Mezzari, de Jacinto Machado (SC). Prestigiaram o encontro também o diretor da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina – Santur, Henrique Maciel, e a diretora de Turismo e Cultura da Associação dos Municípios do Extremo-Sul Catarinense, Helen Becker.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on telegram